sábado, 15 de agosto de 2009

O que tiver que ser, será!?!?!

Estava eu aqui... pensando... como se não tivesse mais um zilhão de coisas para fazer.

Ultimamente, há uma frase que ando escutando muito ou que é dita com a mesma regularidade de sempre mas que por algum motivo vem chamando minha atenção: "O que tiver que ser, será."

Será mesmo?

Confesso que muitas vezes já a usei, principalmente para justificar algo a mim mesma. Mas, hoje, pensando bem, eu simplesmente não acredito.

Não passa de um conformismo popular. No mesmo estilo: "É assim porque Deus quis." Quis mesmo? Ou você que não teve coragem suficiente para lutar?

A frase em questão envolve todo o misticismo do destino. Mas, o que é destino? Ele existe? Então não adianta me debater que tudo já está determinado? Todas as pessoas que conheço já me eram designadas, independente de minhas escolhas?

Prefiro acreditar que não. Que esse tal de destino até pode nos impor algumas situações. Mas que o futuro depende de nosso livre-arbítrio.

Afinal, se você ficar de braços cruzados ao invés de dar uma forcinha, não lutar, não correr atrás, é provável que o "será" nunca saia do tempo futuro. E, se sair, vai ser tão "de graça" que logo perderá o encanto.

É isso. Até posso acreditar nesse tal fator denominado destino. Mas acredito ainda mais na vontade das partes.

Um comentário:

  1. O destino decide quem você encontra na vida; as suas atitudes decidem quem fica nela!

    ResponderExcluir

Você não pode ter medo de um vegetal! (por Baby Patolino)