domingo, 6 de junho de 2010

Reprise em Horário Nobre!!

Já faz 3 anos desde a última reprise, SBT!!!

Sim, ela é perversa! Tem milhares de amantes espalhados pelo mundo. Gasta sem controle todo o dinheiro dos Brachos. Odeia aqueles pirralhos dos enteados, embebeda a Vovó Piedade e é um pesadelo na vida da cunhada Estephanie. Ela tem planos frios de controlar o mundo, fará o impossível para viver sua vida sem complicações, nem que para isso precise roubar, matar, ou colocar outra em seu lugar! Fuma como louca e bebe quando dirige, é uma inconsequente! Tudo o que ela quer é livrar-se de todos os chatos dos Brachos e do imbecil do marido, Carlos Daniel (sem ficar pobre, claro!). E depois disso, fugir para o paraíso das vilãs mexicanas: Houston.

Sim, ela é Paola Bracho e te despreza!
(http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1201358)

Rica, portadora de um charme mais que exuberante, sua risada maléfica abala as estruturas de qualquer herói patético e com sentimentos, sabe brincar com as pessoas como brinca com frágeis bonecas de pano e compra tudo o que o dinheiro pode ou não pode comprar, como José Armando. A personagem de Paola Bracho levou a outro nível às personagens antagônicas na telenovelas mexicanas. Glamour, maldade, crueldade, hipocrisia são algumas das características que fazem de Paola Bracho a personagem favorita de muitos. Sua vida de luxo e prazer bem como suas tentativas de manipular e controlar às demais personagens com sua própria existência envolvem-na em uma série de situações que a tornam a maldade em pessoa. (http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=101835994)

Escola de Teatro Paola Bracho

Para todos que desejam aprender com a melhor atriz mexicana de todos os tempos a:
- Disfarçar indignação em cenas de roubo;
- Fingir que ama um velho brocha milionário;
- Driblar maridos cornos pra curtir com seus (suas) amantes;
- Fazer um aleijado pensar que você se importa com ele;
- Encenar um piripaque num jatinho particular;
- Se passar por paralítica;
- Parecer um vegetal;
- Passar uma imagem serena e pedir perdão aos inimigos;
- Fazer um júri acreditar que você é inocente;
- Deixar a certeza de que você morreu num acidente de carro.
Se uma dessas modalidades te interessa, matricule-se já na Escola de Teatro Paola Bracho!
(http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1796340)


E para matar a saudades: (Eu sei que a original é com a música interpretada pela Pandora, mas eu prefiro essa!) PS: A erguida de cabeça quando ela volta a casa Bracho é tudo!



Até a próxima, queridinhos!

Um comentário:

Você não pode ter medo de um vegetal! (por Baby Patolino)