sexta-feira, 3 de setembro de 2010

(Des)Delícias de Dividir um Teto

Durante a semana, ela acorda mais cedo. O celular desperta e ela coloca mais duas ou três sonequinhas pra rolar "Ai, caramba! Atrasada de novo!" E a correria começa... lava o rosto, escova os dentes, o cabelo, passa desodorante, perfume... a roupa! "Ai, droga! Tá quente! Opa, tá frio! Ah, não, não combinou legal!" Finalmente, pronta!

Aí vem aqueles cinco minutinhos... Ai, ai, aqueles em que ela senta na beirada da cama e fica observando... E que, como por mágica, o sono leve desperta... aqueles olhos azuis e preguiçosos lhe dão uma lânguida olhada e o sorriso débil de quem acaba de acordar... Conversam alguma coisa, agora ela tem que ir mesmo.

Ele provavelmente vai dormir mais um pouquinho antes das dez/nove e meia. Afinal, trabalhou até tarde.

Ela tem vinte minutos de caminhada para contar os dias... "E, sábado que não chega?"

Então... Sábado, finalmente! Dia de ficar na cama de preguiça, de ficar de conchinha, de conversar gostoso até meio-dia, de acordar e dormir, de acordar e dormir, de... E aí, justamente no sábado, vem a TPM cretina fazê-la acordar emburrada e sem paciência para gracinhas. "Bora faxinar essa zona!"



Ainda bem que hoje é sexta-feira!

Um comentário:

  1. Adorei isso Kmi! É a mais pura verdade e realidade hauauahuaahuahuahau

    ResponderExcluir

Você não pode ter medo de um vegetal! (por Baby Patolino)