domingo, 30 de janeiro de 2011

Woman! I feel like a man! #14

Férias bombando = tempo escasso para escrever. Ah, mas… humildades a parte, eu mereço! =)

A sexta-feira toda pela frente. E, depois da tentativa frustada de achar um sapato número 43 em Criciúmã, parti com o Cinderelo para Tubarão, com o intuito de finalizar essa saga.

E, o que eu aprendi?

1. Existem dois tipos de sapatos sociais: os pretos (que são os que buscamos) e os não-pretos (principalmente marrons, superiormente mais bonitos que os pretos)
2. Existem mais dois tipos de sapatos (hã?): os pretos com cadarço (alvos da procura) e os pretos sem cadarço (que já foram descartados de pronto)
3. E, finalmente, existem os sapatos pretos com cadarço e não-largos (que são exatamente os que queremos, mas eu entendi lhufas da última parte)

Eu olhava as fileiras de sapatos femininos e sabia descrever exatamente o que cada um tinha, suas diferenças, a razão por gostar de um e nem tanto de outro, as cores, as alturas… E, igualmente, olhava as vitrines masculinas e, com exceção de cores, via, praticamente, a mesma coisa em todos: eram sapatos. Agora, entendo quando os homens dizem "é só um sapato, pegue qualquer um, logo!". Mas, na verdade, sei que não é só um sapato, que não posso/quero pegar qualquer um e que já andei horrores atrás da sandália perfeita. Que muitas vezes foi achada!!

Resumindo:
Girls! Today, I feel like a boy!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você não pode ter medo de um vegetal! (por Baby Patolino)