terça-feira, 1 de março de 2011

Eu não sei! Eu não sei!

Pânico, terror e ranger de dentes… Tudo começa mais uma vez. O estresse do não saber o que fazer. Trabalho todo dia. Daí chego em casa e… tempo ocioso. Chega de internet, chega de TV! Quero me sentir mais útil, mais realizada (?). 

Ok, pós- só no segundo semestre. 

A volta ao inglês. Mas, ainda não é o suficiente… infelizmente.

Então, sábado fui fazer uma visitinha para Talitah. Vejo todas aquelas coisinhas maravilhosas que ela faz com todo amor e carinho e volto para casa encasquetada… 

Lembro daquele tempo em que minha preocupação era conferir estoques e ajudar na compra de tecidos. Dessa parte, tenho saudade! E, lembro de todos os tricôs, croches, bordados, costuras em que gastei parte da minha infância. 

Penso em fazer um curso de corte costura e poder me divertir a beça em casa. Mas, os gratuitos são longe de onde moro. E os pagos… hm… é para ser uma diversão, não uma fonte de despesas, certo? Além do mais, não tenho máquina de costura, ou seja, seria uma parcela extra para meu cartão de crédito, que, talvez, em pouco tempo fique jogada num canto obscuro do apê.

Eu sei que gosto da parte de compras. De escolher as linhas, os botões, os tecidos, as malhas, os acabamentos…  As cores e formas desse universo! Porém, ainda não sei o que comprar e o que fazer com minhas compras. 

Enquanto não decido, e, enquanto não sei se essa vontade é para ficar ou passageira, vou juntando uns trapinhos aqui em casa. Uma coisinha aqui, outra besteirinha ali… até decidir o que realmente fazer. 

Ah, aceito doações de retalhos! =P

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você não pode ter medo de um vegetal! (por Baby Patolino)