segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Festa da FiRma

Não sei vocês, mas, honestamente, não sou fã de festas da empresa. E aí que mora o problema. Exatamente por não criar nenhuma expectativa, elas sempre acabam sendo legais ou acontecendo alguma coisa acima da média. Em 90% das vezes. Pelo que eu consigo lembrar... =X

E, então teve a festa de fim de ano… 

Nesse não tão novo assim departamento que eu trabalho, geralmente eu termino a festa na companhia de duas três pessoas: o cara que me dá carona todos os dias, a esposa dele e o meu amigo de festa. 

(Eu tenho um amigo de festas da firma, acreditam? Chegamos a essa definição nesse encontro. Trabalhamos no mesmo lugar, mal conseguimos nos ver, quando conseguimos os cumprimentos são rápidos e/ou a distância, mas toda festa... parceria de breja até o fim.)

Voltando ao pub…

Lá estávamos nós três. Bem pertinho do palco, esperando a troca de bandas. 
Nesse intervalo, eu já estava aloprando os guris: "Poxa, será que não vai tocar Bon Jovi? Poxa, poxa, pooooxa!"

Até que a segunda banda, finalmente, entrou no palco. Quando eles tocaram os primeiros acordes…
Fuéééén! 
Teve uma rápida queda de energia, seguida de um ~ahhhh~. 

Já aproveitei pra largar um "Bon Jovi" pro pessoal da banda. 

E, enquanto a banda religava a aparelhagem, eis que meu praça de festa começa entoar:

"Tommy used to work on the docks,
Union's been on strike"

Não tive dúvidas e me juntei ao coro. Assim como o cara da carona.
E o pessoal ao redor. E foi se espalhando.
Nisso, a banda voltou e continuou de onde estávamos. 
Um colega veio correndo detrás e subiu no palco para cantar.

Sabe cena de filme? Aquela em que uma pessoa começa a bater palmas e todo mundo vai na onda?
Foi assim.

Surreal.
Simplesmente épico. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você não pode ter medo de um vegetal! (por Baby Patolino)